ENCONTRE-NOS
VOLTE SEMPRE!
NOSSO OBJETIVO

Saúde Esporte tem como proposta o atendimento às pessoas com deficiência através da prática do esporte.

O rugby e o tênis em cadeira de rodas qualificam socialmente, culturalmente e esportivamente as pessoas, melhorando suas condições de vida social e profissional.

  • Facebook Social Icon

© 2007 Saúde Esporte Sociedade Esportiva  |  Todos os direitos reservados

NOSSO TELEFONE

(41) 99603-1441

(para este período de recesso de final de ano)

NOSSO EMAIL
NOSSOS HORÁRIOS

Segunda a Sexta, das 09h00 às 17h30

Estamos localizados na

Rua Desembargador Motta, 3231

Curitiba/Paraná

CEP: 80430-220

 

Please reload

Posts Recentes

1° Torneio Início de Footgolf Campo Largo

February 8, 2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

Agências bancárias em Curitiba terão que oferecer cadeiras de rodas

August 29, 2017

Câmara Municipal aprovou com unanimidade, nesta terça-feira (29), projeto de lei que determina às agências bancárias a disponibilização de cadeiras de rodas para o deslocamento de pessoas com mobilidade reduzida. O atendimento desses clientes também deverá ser realizado no térreo, salvo quando houver elevador. O autor da matéria, que nesta quarta-feira (30) segue para segunda votação, é o vereador Dr. Wolmir Aguiar (PSC).

Agências bancárias, segundo o projeto, devem disponibilizar cadeiras de rodas e atender
pessoas com mobilidade reduzida no térreo. (Foto: Chico Camargo/CMC)

 

A proposição inclui as regras no artigo 1º da lei municipal 10.521/2002, que dispõe sobre a instalação de rampas de acesso para pessoas com deficiência e outras normas de acessibilidade referentes às instituições bancárias. “O objetivo é trazer conforto e acessibilidade aos cidadãos com mobilidade reduzida. O projeto visa a inclusão e a igualdade de condições”, disse Aguiar.
 

O parlamentar destacou que a proposta está alinhada à lei federal 13.146/2015, o Estatuto da Pessoa com Deficiência. “Quero lembrar que a mobilidade reduzida pode ser permanente ou temporária, como é o caso das lactantes, gestantes ou pessoas com crianças de colo”, acrescentou o projeto de lei.

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) não se manifestou sobre a decisão até o momento.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags