Governo anuncia Centro de Referência e ações para aprimorar o paradesporto no Paraná

Na oportunidade, o Governador Carlos Massa Ratinho e o Prefeito de Curitiba Rafael Greca tiveram a oportunidade de conhecer a infraestrutura oferta para treinamento do rugby em cadeira de rodas da Saúde Esporte


O governador Carlos Massa Ratinho Junior lançou nesta quarta-feira (29), em Curitiba, o programa O Paradesporto que Queremos, que vai aprimorar as políticas públicas de incentivo e ampliar as ações voltadas às modalidades deste segmento, seguindo os princípios do Sistema Esportivo Federal e da Lei Geral do Esporte do Estado do Paraná. Ao mesmo tempo, Curitiba se estrutura para sediar o Centro de Referência Paralímpico Brasileiro, espaço destinado à prática esportiva para pessoas com deficiência.

Durante o evento, Ratinho Junior entregou 10 kits de materiais esportivos multimodalidades adaptados, no valor de R$ 20 mil cada, e 10 kits de cadeiras de rodas, no valor de R$ 5 mil cada. Esses materiais foram adquiridos por meio do Programa Paraná Mais Cidades, que conta recursos de emendas parlamentares apoiando uma série de ações do Estado, incluindo as voltadas ao desenvolvimento esportivo regional.


“O paradesporto foi tratado, por muito tempo, de forma marginal, no sentido de estar à margem das prioridades financeiras ou de poder contar com equipes técnicas para preparar os atletas”, afirmou Ratinho Junior. “Quando assumimos o governo, resolvemos mudar essa página e passamos a colocar o paradesporto como prioridade, com investimento em equipamentos e treinamento para os técnicos e educadores. Em especial, criando uma atmosfera para que os nossos atletas se preparem cada vez mais, tornando o Paraná uma grande referência nessa área”, ressaltou o governador.


Somente nos últimos quatro anos, o programa fez a entrega de 50 cadeiras de rodas, 109 parques adaptados, além de equipamentos e instalações esportivas para mais de 50 Associações dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes), totalizando um investimento de R$ 450 mil.

Ações - O Paraná é referência nacional no desenvolvimento de ações voltadas à prática paradesportiva, como os Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (Parajaps), que em suas duas últimas edições tiveram um investimento médio de R$ 2,4 milhões e a participação de 3.500 atletas. Neste ano, o Parajaps contará com o Termo de Cooperação Técnica com o município de Londrina, onde o evento será sediado.


Outra ação de sucesso é o programa Geração Olímpica e Paralímpica, que atua com bolsa-atleta, e se tornou uma grande vitrine esportiva dentro e fora do Estado e também uma referência em todo Brasil, inspirando diversos estados a criarem projetos seguindo o mesmo modelo.


Em sua 11ª edição, o programa vem a cada ano ganhando mais interesse de paratletas e técnicos, com o apoio do Governo do Estado e o patrocínio da Copel. Nos últimos quatro anos, o Geração Olímpica e Paralímpica realizou 650 atendimentos ao paradesporto e teve um investimento de R$ 3,4 milhões. Como resultado, os bolsistas do programa conquistaram nove medalhas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.


Centro de Referência - Em parceria com a Prefeitura de Curitiba, o paradesporto paranaense ganha força com a implantação do Centro de Referência Paralímpico Brasileiro, espaço destinado à prática esportiva para pessoas com deficiência. Será instalado nas dependências do Centro de Esporte e Lazer Vila Oficinas, onde passarão a ser desenvolvidas as modalidades de vôlei sentado, golfe 7, goalball, bocha paralímpica e rugby em cadeira de rodas.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square